Central de Concursos
  • Por: Yuri Salso - Publicado em 20/05/2021 13h08 - Atualizado em 20/05/2021 13h55
Planejamento Estratégico prevê novos concursos Iphan entre o perído de 2021 a 2024 (Foto: Divulgação/Iphan)

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) se prepara para realizar novos concursos públicos. Isso porque nesta quarta-feira, 19, o órgão publicou, no Diário Oficial da União, o seu Planejamento Estratégico deste ano até 2024. E, entre as metas previstas, está o preenchimento do quadro de pessoal por meio de novos concursos Iphan.

De acordo com o anexo II da portaria 23, de 17 de maio, entre os objetivos estratégicos do Iphan no período 2021/2024 está "Preencher por concurso 20% ao ano em todos os anos do planejamento estratégico 2021-2024".

O documento ainda informa que o déficit de pessoal do instituto pode gerar consequências quanto ao tempo de resposta aos processos de licenciamento, a formação de projetos pendentes de análise e aprovação, com grave impacto sobre o andamento das obras e, ao final, com prejuízos para o desenvolvimento do país. 

Cargos e vagas ainda deverão ser confirmados, bem como alguma previsão mais efetiva de quando o edital poderá ser publicado.

Vale destacar que o último concurso Iphan, realizado em 2018, teve seu prazo de validade suspenso por conta da pandemia. Por esse motivo, o prazo de validade, que deveria ser encerrado em dezembro de 2020, continuará válido até julho deste ano.

Concurso Iphan: saiba como foi a última seleção

O último concurso Iphan foi realizado em 2018 e teve o Cebraspe como banca organizadora. No total, a seleção ofertou 411 vagas distribuídas entre cargos de nível médio ou médio/técnico e nível superior, e contemplou todas as 26 capitais dos estados brasileiros, além do Distrito Federal.
 
Candidatos com ensino médio ou técnico puderam se candidatar a uma das 131 vagas para auxiliar institucional, cuja remuneração é de R$ 3.877,97. Quem tem formação superior, por sua vez, pode concorrer a técnico I, cuja oferta foi de 176 vagas, e analista I, com 104. Os rendimentos, nesse caso, são de R$ 5.493,29. Os valores já incluem o auxílio-alimentação de R$ 458.
 
Os candidatos foram avaliados por meio de três etapas: prova objetiva, prova discursiva e avaliação de títulos. Todas as etapas foram realizadas nas 26 capitais dos estados brasileiros e no Distrito Federal.
 
A prova objetiva contou com 120 questões, sendo 50 de Conhecimentos Básicos e 70 de Conhecimentos Específicos. Na prova discursiva, os candidatos tiveram que escrever um texto dissertativo, de até 30 linhas, a respeito de tema da atualidade. 
 
blog

Cursos

Apostilas

Outras Notícias