Central de Concursos
  • Por: Yuri Salso - Publicado em 18/06/2021 09h40 - Atualizado em 18/06/2021 10h46
Concurso INSS: novo pedido para preenchimento de 7.575 vagas (Foto: Divulgação)

O Instituto Nacional do Seguro Social atualizou, na última terça-feira, 15, o pedido de concurso INSS que havia encaminhado às pressas ao Ministério da Economia, no fim de maio. O documento confirma que a autarquia revisou o quantitativo de vagas, reduzindo de 10 mil para 7.575 vagas solicitadas, sendo 6.004 para técnicos e 1.571 para analistas.

Uma das principais mudanças sugeridas pelo INSS diz respeito à escolaridade do cargo de técnico do seguro social. Conforme consta no ofício, o INSS pede que a carreira passe a ter o nível superior, em qualquer área, como requisito e não mais o nível médio.

No entanto, para que isso ocorra, seria necessário um envio de um Projeto de Lei por parte do presidente Jair Bolsonaro, a ser analisado e votado no Congresso Nacional, o que poderia atrasar a realização do concurso e gerar gastos à Administração. Ou seja, essa mudança de escolaridade do cargo de técnico impactará, necessariamente, em mudança salarial, equivalendo-se ao que é pago a um profissional de nível superior, como é o caso da carreira de analista.

O fato da União estar enfrentando um momento de reajuste fiscal e contenção de gastos, ambos agravados pela pandemia da Covid-19, é bem possível que essa mudança de escolaridade para o cargo de técnico não seja aprovada pelo Governo Federal, e ele se mantenha como cargo de nível médio.

Confira a distribuição das vagas do concurso INSS

A carreira de técnico do seguro social, que por enquanto segue exigindo apenas ensino médio completo, apresenta salário inicial de R$ 5.344,87, já considerando o auxílio-alimentação de R$ 458.

Já a carreira de analista do seguro social exige formação superior em diversas áreas de atuação (incluindo serviço social, administração, engenharia, direito, pedagogia, psicologia, comunicação, ciências sociais, arquitetura e letras, entre outras), sendo que a remuneração corresponde a R$ 7.954,09 por mês, contado o benefício alimentação.

A distribuição das vagas por áreas é a seguinte:

Analista do seguro social

• Serviço Social (463 vagas);
• Reabilitação Profissional (702); 
• Recomposição do Quadro de Aposentados até 2023 (406).

Técnico do seguro social

• Análise Reconhecimento de Direito RGPS (2.938 vagas); 
• Combate à Fraude (734); 
• Serviço de Apoio ao Reconhecimento de Direito (216); 
• Serviço de Atendimento de Demandas Judiciais (40); 
• Serviço de Cobrança Administrativa (34); 
• Análise Reconhecimento de Direito RPPS (46);
• Recomposição do Quadro de Aposentados até 2023 (1.996).

"Estamos otimistas por autorização", diz presidente

O presidente do Instituto Nacional do Seguro Social, Leonardo Rolim, deu declarações à rádio CBN de que está otimista que a seleção será autorizada pelo governo federal.

Dada a grande carência de pessoal e o crescente número de aposentadorias, o presidente do INSS destacou que a realização do concurso é urgente. Ele lembrou também da necessidade de substituir 3 mil temporários que foram admitidos por meio da seleção aberta no ano passado e que terão seus contratos encerrados este ano.

"Vamos precisar sim fazer o concurso para substituir temporários e servidores que estão se aposentando. Estamos bem otimistas que teremos a autorização. É um número que, a cada ano, vai tendo uma nova demanda por conta das aposentadorias. O INSS tem um percentual razoável de servidores que já está em abono de permanência, ou seja, que já está em condições de se aposentar. Isso faz com que haja uma preocupação de termos concursos. De inclusive ter uma reserva para eventuais contratações futuras", disse Rolim.

Saiba como foi o último concurso INSS

No concurso INSS de 2015, a oferta foi de 950 vagas, porém o número foi considerado inexpressivo diante do déficit já existente naquela época, que era de 10 mil servidores. Para perito médico, a seleção anterior foi em 2011, com 375 vagas.

Os candidatos a técnico foram submetidos a prova objetiva com 120 questões sobre Ética no Serviço Público, Regime Jurídico Único, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Administrativo, Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico, Noções de Informática e Conhecimentos Específicos.

Já para analistas foram cobradas as disciplinas de Português, Raciocínio Lógico, Noções de Informática, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Legislação Previdenciária, Legislação da Assistência Social, Saúde do Trabalhador e da Pessoa com Deficiência.

Para peritos, a seleção teve provas objetiva e de títulos. Na primeira foram exigidas 30 questões sobre Conhecimentos Básicos (Português, Ética no Serviço Público, Noções de Direito Constitucional e Noções de Direito Administrativo) e 50 de Conhecimentos Específicos.


Ficha Técnica Concurso INSS 

Órgão: Instituto Nacional do Seguro Social - INSS
Status: Concurso solicitado
Vagas: 7.575
Cargos: Técnico do Seguro Social e Analista do Seguro Social
Áreas de Atuação: Administrativa
Escolaridade: Ensino Médio, Ensino Superior
Faixa de salário: De R$ 5.344,00 Até R$ 8.988,00
Estados com Vagas: AC, AL, AM, AP, BA, CE, DF, ES, GO, MA, MG, MS, MT, PA, PB, PE, PI, PR, RJ, RN, RO, RR, RS, SC, SE, SP, TO
blog

Cursos

Apostilas

Outras Notícias