Central de Concursos
  • Por: Folha Dirigida - Publicado em 17/11/2015 17h22
O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) está próximo de definir a distribuição das 950 vagas do concurso de técnico e analista. Quem garantiu isso foi o diretor de Gestão de Pessoas da autarquia, José Nunes Filho, em entrevista à Associação Nacional dos Servidores da Previdência e da Seguridade Social (Anasps). Ainda segundo o dirigente, o INSS finaliza a contratação do Cespe/UnB, escolhido como organizador por dispensa de licitação, e pretende divulgar o edital em dezembro, com a possibilidade de convocações no primeiro semestre de 2016, independentemente do ajuste fiscal.
 
“Nós tivemos a autorização no final de junho, e temos até o final de dezembro para publicar o edital. Estamos na fase final da contratação da empresa que vai administrar o concurso público (Cespe/UnB). Nesse período, várias situações estão ocorrendo paralelamente, inclusive oportunizando aos servidores da casa as chances de manifestação de remoção interna, o que já está em curso. Estamos prevendo já para a próxima semana o resultado preliminar da remoção interna que definirá as vagas (distribuição) do concurso público”, assinalou.
 
José Nunes Filho deu detalhes ainda sobre o cronograma interno do INSS, revelando algumas previsões: “A previsão é que até o final de dezembro, que é o prazo legal, nós tenhamos o edital publicado. A nossa expectativa é de realização do concurso (provas) no primeiro semestre, e no mesmo semestre ou no máximo no início do segundo semestre de 2016 nós apostamos fazer as nomeações dos novos servidores. Portanto, a previsão é para contratação em 2016”, disse.
 
Previsão para edital - As expectativas do INSS, passadas pelo diretor de Gestão de Pessoas, José Nunes Filho, vão ao encontro do que informam as entidades sindicais. Um dos sindicalistas, o diretor da Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social (Fenasps), Moacir Lopes, chegou a cogitar o edital para o dia 18 do próximo mês, uma sexta-feira, pois, segundo ele, o INSS deseja divulgar o documento antes das datas festivas de fim de ano, e essa é a última sexta antes da semana do Natal.
 
Moacir disse ainda que as provas objetivas deverão ocorrer em fevereiro ou março, e as convocações, em abril. O instituto precisa publicar o edital até 29 de dezembro, prazo fixado pela portaria de autorização do Ministério do Planejamento. Uma fonte ligada ao INSS também informou que o edital está mesmo programado para sair na segunda quinzena de dezembro, mas não precisou uma data.
 
O resultado preliminar dos concursos de remoção interna de técnico e analista do seguro social, destacado por José Nunes Filho, está previsto para a próxima terça-feira, dia 17. Após isso, conforme disse o diretor, o INSS terá a distribuição das 950 vagas pelo país. O cenário apresentado com o resultado provisório poderá mudar após recursos dos servidores, que serão aceitos nos dias 18 e 19. No entanto, após o resultado final das seleções internas, em 27 de novembro, o estudo da distribuição poderá ser concluído.
 
O INSS finaliza ainda os concursos de remoção interna de técnicos e analistas, que darão prosseguimento à definição da distribuição das vagas pelo país. O resultado preliminar sai nesta terça, 17, e o final no próximo dia 27. Das 950 vagas, 800 serão de técnico do seguro social, que exige o nível médio e tem remuneração atual de R$ 4.768,90 (chegando a R$ 5.413,90, após seis meses), e 150 de analista, para graduados em Serviço Social, com rendimentos de R$ 7.014,05 (até R$ 8.050,25). 
blog

Outras Notícias