Central de Concursos
  • Por: Redação - Publicado em 22/06/2022 09h32 - Atualizado em 22/06/2022 10h41
Concurso IBGE para agentes censitários (Foto: Divulgação)

No último domingo, 19 de junho, terminaram as inscrições para o concurso complementar de agente censitário municipal e agente censitário supervisor do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Quando o edital foi publicado, trouxe 840 vagas temporárias. Porém, o documento passou por retificações, com esse quantitativo sendo ampliado para 913 vagas:

• Agente censitário municipal (ACM): de 247 para 285 vagas;
• Agente censitário supervisor (ACS): de 593 para 628 vagas.

Em breve, o IBGE deve informar a quantidade de candidatos inscritos para esse processo seletivo, cujas oportunidades de trabalho serão distribuídas em 515 cidades do país, presentes nos estados do Acre, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso, Pará, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Assim como no concurso com mais de 206 mil vagas temporárias, finalizado no mês de maio, o requisito mínimo para concorrer a esses dois cargos é o nível médio de escolaridade. As remunerações também são as mesmas: R$2.100, para o agente censitário municipal, e de R$1.700, para os supervisores. Além dos ganhos, os aprovados terão direito a receber auxílios alimentação, transporte e pré-escolar, assim como férias e 13º salário proporcionais.

A jornada de trabalho dos agentes contratados será de 40 horas, tendo contrato de cinco meses, podendo ser prorrogado.

Durante o período de inscrições, os candidatos encaminharam seus documentos para análise de títulos, única etapa de avaliação. O resultado final dessa etapa está previsto para sair no dia 1º de julho.

Concurso IBGE abre edital complementares

A seleção aberta no fim do ano passado voltada para a contratação de servidores para atuarem no Censo Demográfico 2022 não conseguiu preencher vagas em algumas localidades do país. Em função dessa dificuldade, o IBGE decidiu abrir alguns processos seletivos complementares ao concurso de 206.891 vagas temporárias.

Além da seleção com vagas para agentes censitários, a autarquia abriu mais seis seleções complementares:

• Agente censitário de pesquisa por telefone, com vagas somente para o Rio de Janeiro;
• 25 vagas complementares do concurso de 2021;
• 106 vagas complementares do concurso IBGE de 2019;
• 133 vagas para o cargo de agente censitário de informática do concurso IBGE de 2021;

“O processo complementar tem o objetivo de contratar pessoal para as vagas que não foram preenchidas no processo seletivo simplificado. A diferença entre as duas seleções é que no PSS complementar há análise curricular em vez de prova e não é cobrada taxa de inscrição", explicou o coordenador de Recursos Humanos do IBGE, Bruno Malheiros.


LEIA TAMBÉM:
blog

Cursos

Apostilas

Outras Notícias