Central de Concursos
  • Por: Yuri Salso - Publicado em 28/04/2021 16h18 - Atualizado em 28/04/2021 17h25
Edital do concurso IBGE 2021 oferece mais de 200 mil vagas para cargos de nível fundamental e médio

No último dia 23 de abril, o secretário especial da fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, anunciou que o Censo Demográfico não ocorreria mais este ano por conta de uma redução de 96% no orçamento destinado à realização da pesquisa. No entanto, nesta quarta-feira, 28, o ministro Marco Aurélio Mello, do STF, decidiu atender a pedido do governo do Maranhão e determinou ao governo federal que medidas sejam tomadas para realização do Censo 2021.

Em sua decisão, Marco Aurélio avaliou que deixar de fazer o censo representa descumprir um trecho da Constituição: 

"A União e o IBGE, ao deixarem de realizar o estudo no corrente ano, em razão de corte de verbas, descumpriram o dever específico de organizar e manter os serviços oficiais de estatística e geografia de alcance nacional – artigo 21, inciso XV, da Constituição de 1988. Ameaçam, alfim, a própria força normativa da Lei Maior."

Em sua decisão, o ministro Marco Aurélio Mello também ressaltou que dados e estudos são necessários para que os governantes posam analisar a realidade do país e, com isso, formular e implementar políticas públicas. 

"O Censo, realizado historicamente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE, permite mapear as condições socioeconômicas de cada parte do Brasil. E, então, o Executivo e o Legislativo elaboram, no âmbito do ente federado, políticas públicas visando implementar direitos fundamentais previstos na Constituição Federal. Como combater desigualdades, instituir programas de transferência de renda, construir escolas e hospitais sem prévio conhecimento das necessidades locais?", questionou Marco Aurélio.

Mais ampla pesquisa sobre a população brasileira do IBGE, o Censo Demográfico é feita mediante visita ou coleta de informações em todos os domicílios do país. A pesquisa é realizada a cada dez anos. Como a última ocorreu em 2010, o levantamento estava previsto para acontecer no ano passado. No entanto, em razão da pandemia, o Censo de 2020 havia sido adiado para 2021.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística informou que está em constante negociação com o Ministério da Economia na esperança de que o Censo 2021 não seja cancelado e as provas do concurso IBGE possam ser realizadas ainda este ano.

Concurso IBGE Censo 2021: confira todos os detalhes

O concurso IBGE em questão visa contratar pessoal, em caráter temporário, para a realização do Censo Demográfico. O intuito e preencher 204.307 vagas, com opções para quem possui ensino fundamental ou ensino médio, com remunerações variáveis. As inscições foram encerradas em março.

Do total de vagas, 181.898 são para o cargo de recenseador que exige ensino fundamental, com remuneração variável por produção. Os ganhos são variáveis de acordo com o município e a carga horária. O valor pode ser calculado por meio de uma ferramenta disponibilizada no site do IBGE.

Para quem vai trabalhar na capital de São Paulo, os valores estimados variam da seguinte forma: R$ 1.629,76 (25 horas semanais), R$ 1.986,64 (30 horas semanais), R$ 2.639,96 (40 horas semanais) e R$ 3.286,24 (50 horas semanais).

Candidatos com o ensino médio podem concorrer às carreiras de agente censitário supervisor (16.959 vagas) ou agente censitário municipal (5.450), com ganhos iniciais de R$ 1.700 e R$ 2.100, respectivamente, e jornada de trabalho de 40 horas semanais. Para ambos os cargos, os aprovados ainda contarão com auxílio-alimentação no valor de R$ 458, auxílio-transporte e auxílio pré-escolar.


O prazo de contrato será de 30 dias para os recenseadores, podendo ser prorrogado quantas vezes forem necessárias, de acordo com a realização do Censo. Para os agentes, o prazo é de até cinco meses, também podendo ser prorrogado, de acordo com as necessidades, conforma a realização do censo.

Provas do concurso IBGE 2021

Aguardando novas datas para serem aplicadas, as provas do concurso IBGE estavam previstas anteriormente para os dias 18 de abril (agentes) e 25 de abril (recenseador).  

A avaliação será composta pelas seguintes disciplinas, conforme o cargo:

Agentes (60 questões)

• Língua Portuguesa (10);
• Raciocínio Lógico Quantitativo (10);
• Ética no Serviço Público (05);
• Noções de Administração/Situações Gerenciais (15); e
• Conhecimentos técnicos (20).

Recenseador (50 questões)

• Língua Portuguesa (10);
• Matemática (10);
• Ética no Serviço Público (05); e
• Conhecimentos técnicos (25).

Ficha Técnico Concurso IBGE 2021 - Censo Demográfico

Órgão: IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística
Vagas: 204.307
Status: Concurso suspenso
Cargos: Recenseador, Agente Censitário Municipal, Agente Censitário Supervisor
Áreas de Atuação: Administrativa, Operacional
Escolaridade: Ensino Fundamental e Ensino Médio
Banca organizadora: Cebraspe
Estados com Vagas: AC, AL, AM, AP, BA, CE, DF, ES, GO, MA, MG, MS, MT, PA, PB, PE, PI, PR, RJ, RN, RO, RR, RS, SC, SE, SP, TO
blog

Cursos

Apostilas

Outras Notícias