• Por: Yuri Salso - Publicado em 10/06/2019 08h30 - Atualizado em 10/06/2019 09h12
Foram prorrogadas as inscrições no concurso IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) para preenchimento de 209 vagas temporárias, todas elas para atuação no Censo Experimental 2019. Agora, as inscrições ficarão disponíveis no site do Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo (Ibade) até as 23h59 do dia 14 de junho. O valor da taxa de participação é de R$ 25 ou R$ 42,50, de acordo com o cargo pretendido.
 
Haverá isenção da taxa para os candidatos que declararem hipossuficiência de recursos financeiros para pagamento da taxa, que estejam inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal - CadÚnico e for membro de família de baixa renda, e para os doadores de medula óssea em entidades reconhecidas pelo Ministério da Saúde. A isenção pode ser solicitada até o último dia das inscrições.

Por conta da prorrogação do período de inscrição, foi publicado no Diário Oficial da União desta segunda-feira, 10 de junho, um edital de retificação alterando o cronograma do concurso IBGE 2019. As provas, que antes seriam aplicadas em julho, agora serão realizadas em agosto.
 
A maior parte das oportunidades do concurso IBGE é destinada ao cargo de recenseador: são 180 vagas para a função que exige ensino fundamental completo. As oportunidades restantes estão divididas entre os cargos de agente censitário supervisor (25 vagas) e agente censitário municipal (4 vagas), ambos com o ensino médio como pré-requisito. Os contratos terão duração de até 6 meses para os cargos de agente e até 2 meses para o de recenseador.
 
A remuneração para recenseadores será variável, de acordo com a produção. A jornada de trabalho recomendada é de, pelo menos, 25 horas semanais, além da participação integral e obrigatória no treinamento. Já para os cargos de agente censitário supervisor e agente censitário municipal os valores serão de R$1.700 e R$2.100, respectivamente. A carga horária semanal dos dois cargos será de 40 horas.

De acordo com o edital, os aprovados no concurso IBGE atuarão no Censo Experimental, em Poços de Caldas, município de Minas Gerais. A convocação dos recenseadores para o treinamento e a contratação dos agentes estão previstas para ocorrerem entre os dias 2 e 6 de setembro, conforme a retificação desta segunda-feira.

Provas serão realizadas em agosto

 
Todos os candidatos realizarão uma prova objetiva, com questões de múltipla escolha, no dia 4 de agosto (domingo), das 13h às 17h, no município de Poços de Caldas (MG). O número de questões e os conteúdos cobrados variam de acordo com o cargo:

Recenseador (50 questões)

• 15 de Língua Portuguesa
• 15 de Matemática
• 20 de Conhecimentos Técnicos

Agentes (60 questões)

• 15 de Língua Portuguesa
• 10 de Raciocínio Lógico e Quantitativo
• 10 de Conhecimentos Técnicos
• 25 de Noções de Administração e Situações Gerenciais

A divulgação do resultado final do concurso IBGE está prevista para o dia 29 de agosto.

Mais de 234 mil vagas autorizadas para Censo 2020


As contratações no concurso IBGE visam à realização do Censo Experimental de 2019, uma espécie de teste antes do Censo Demográfico que será realizado em 2020. Para o Censo do ano que vem, já foram autorizadas 234.416 vagas temporárias, as quais serão preenchidas por meio outro concurso público.

As oportunidades serão distribuídas entre todos os municípios do Brasil e, obrigatoriamente, o edital de abertura tem que ser publicado até o dia 6 de setembro de 2019. (SAIBA MAIS


LEIA TAMBÉM

Outras Notícias