Central de Concursos
  • Por: Yuri Salso - Publicado em 10/04/2017 12h04 - Atualizado em 09/05/2017 12h40

data-cke-saved-src="/imagens/noticia/interna44.jpg"

Terminam hoje, dia 9 de maio, as inscrições para 1.039 vagas do primeiro edital de concurso público do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os interessados devem se cadastrar no site da banca organizadora, a Fundação Getulho Vargas (FGV), até as 23h59.

Os valores das taxas são de R$27 (agente administrativo), R$41 (agente regional), R$42,50 (agente de informática) e R$78 (analista), e podem ser pagas até 26 de maio. Haverá isenção para membros de família de baixa renda e inscritos no Cadastramento Único do Governo Federal(CadÚnico), que poderá ser solicitada durante todo o período das inscrições.

Um segundo edital com 24.984 oportunidades foi publicado no dia 24 de abril. São 1.272 vagas de agente censitário municipal (nível médio e vencimentos iniciais de R$ 2.358), 4.867 de agente censitário supervisor (nível médio e R$ 2.058), e 18.845 de recenseador (nível fundamental e até R$ 3 mil). Neste caso, as inscrições serão aceitas até dia 23 de maio. SAIBA MAIS

Juntos, os dois editais totalizam 26.023 oportunidades temporárias para a realização do Censo Agropecuário 2017.

 

Cargos e remunerações


Os cargos de agente censitário administrativo (344 vagas) e agente de informática (174) têm como exigência o nível médio de escolaridade e oferecem remunerações de R$ 1.958 e R$ 2.158, respectivamente. Já a carreira de agente censitário regional (350), além do nível médio, também requer habilitação na categoria B. Os ganhos iniciais são de R$ 2.958.

Para profissionais com nível superior, as oportunidades disponíveis são para o posto de analista censitário, nas especialidades de agronomia (27), análise de sistemas/desenvolvimento de aplicações (8), análise de sistemas/desenvolvimento de aplicações web mobile (4), análise de sistemas/suporte à comunicação e rede (2), análise de sistemas/suporte à produção (4), análise de sistemas/suporte operacional e de tecnologia (2), análise socioeconômica (8), biblioteconomia e documentação (2), ciências contábeis (5), geoprocessamento (7), gestão e infraestrutura (63), jornalismo (12), logística (2), métodos quantitativos (6), produção gráfica/editorial (2), programação visual/web design (12) e recursos humanos (5). A remuneração inicial é de R$ 4.458.

Os valores dos vencimentos já estão somados ao auxílio-alimentação de R$458. Além das remunerações, os aprovados terão direito a 13º salário, auxílio-transporte e férias.

A previsão de duração dos contratos é de 13 meses para a para a função de analista censitário, 10 meses para agente censitário administrativo, 9 meses para agente censitário regional e 7 meses para agente censitário de informática.

 

Processo seletivo


O processo seletivo do concurso IBGE 2017 será feito por meio de prova objetiva, com 50 questões de múltipla escolha, prevista para o dia 2 de julho, das 13h às 17h. Os candidatos ao cargo de agente administrativo serão avaliados por meio de questões sobre português (15), noções de administração (25) e raciocínio lógico quantitativo (25).

No caso agente regional, as provas terão itens de português (15), noções de administração e situações gerenciais (25) e raciocínio lógico quantitativo (10).

Já os concorrentes ao posto de agente de informática responderão perguntas de português (10), raciocínio lógico quantitativo (10) e noções de informática (30).

Para analista censitário haverá questões sobre português (10), conhecimentos específicos (30) e raciocínio lógico quantitativo (10).
 

Distribuição geral de vagas do concurso IBGE


Com a publicação do segundo edital do IBGE, o concurso preencherá, ao todo, 26.023 oportunidades. Confira abaixo a distribuição de vagas por cargo e Estado.

 

Recenseador


De acordo com distribuição de vagas preliminar divulgado pelo IBGE, para o cargo de recenseador, as oportunidades por Estados serão as seguintes: Acre (148), Alagoas (329), Amazonas (547), Amapá (58), Bahia (2.394), Ceará (1.004), Distrito Federal (11), Espírito Santo (310), Goiás(691), Maranhão (921), Minas Gerais (1.911), Mato Grosso do Sul (346),  Mato Grosso (618), Pará (1.070), Paraíba (506), Pernambuco (846), Piauí (929), Paraná (1.350), Rio de Janeiro (186), Rio Grande do Norte (275), Rondônia (414), Roraima (66), Rio Grande do Sul (1.662), Santa Catarina (711), Sergipe (260), São Paulo (953) e Tocantins (313).

 

Analista censitário


Para analista censitário:  Acre (2), Alagoas (2), Amazonas (3), Amapá (2), Bahia (5), Ceará (5), Distrito Federal (2), Espírito Santo (2), Goiás (4), Maranhão (5), Minas Gerais (5), Mato Grosso do Sul (3), Mato Grosso (3), Pará (4), Paraíba (3), Pernambuco (5), Piauí (4), Paraná (5), Rio de Janeiro (81), Rio Grande do Norte (2), Rondônia (4), Roraima (2), Rio Grande do Sul (5), Santa Catarina (3), Sergipe (2), São Paulo (4) e Tocantins (4).

 

Agente censitário administrativo


Para agente censitário administrativo: Acre (4), Alagoas (12), Amazonas (8), Amapá (1), Bahia (45), Ceará (22), Distrito Federal (2), Espírito Santo (6), Goiás (16), Maranhão (15), Minas Gerais (50), Mato Grosso do Sul (8), Mato Grosso (10), Pará (20), Paraíba (11), Pernambuco (18), Piauí (16), Paraná (28), Rio de Janeiro (6), Rio Grande do Norte (9), Rondônia (6), Roraima (2), Rio Grande do Sul (15), Santa Catarina (6), Sergipe (6), São Paulo (19) e Tocantins (7).

 

Agente censitário regional


Para agente censitário regional:  Acre (6), Alagoas (5), Amazonas (14), Amapá (0), Bahia (45), Ceará (19), Distrito Federal (0), Espírito Santo (10), Goiás (12), Maranhão (20), Minas Gerais (30), Mato Grosso do Sul (10), Mato Grosso (17), Pará (9), Paraíba (12), Pernambuco (15), Piauí (15), Paraná (18), Rio de Janeiro (4), Rio Grande do Norte (9), Rondônia (6), Roraima (4), Rio Grande do Sul (30), Santa Catarina (11), Sergipe (4), São Paulo (15) e Tocantins (10).

 

Agente censitário de informática



Para agente censitário de informática: Acre (3), Alagoas (4), Amazonas (4), Amapá (3), Bahia (10), Ceará (8), Distrito Federal (4), Espírito Santo (4), Goiás (6), Maranhão (6), Minas Gerais (14), Mato Grosso do Sul (4), Mato Grosso (4), Pará (6), Paraíba (6), Pernambuco (8), Piauí (6), Paraná (10), Rio de Janeiro (12), Rio Grande do Norte (4), Rondônia (3), Roraima (3), Rio Grande do Sul (10), Santa Catarina (8), Sergipe (4), São Paulo (16) e Tocantins (4).

 

Agente censitário municipal


Para agente censitário municipal: Acre (14), Alagoas (21), Amazonas (57), Amapá (5), Bahia (143), Ceará (54), Distrito Federal (1), Espírito Santo (21), Goiás (55), Maranhão (52), Minas Gerais (102), Mato Grosso do Sul (42), Mato Grosso (39), Pará (60), Paraíba (34), Pernambuco (48), Piauí (55), Paraná (82), Rio de Janeiro (23), Rio Grande do Norte (19), Rondônia (20), Roraima (10), Rio Grande do Sul (91), Santa Catarina (48), Sergipe (15), São Paulo (126) e Tocantins (20).

 

Agente censitário supervisor


Por fim, para agente censitário supervisor: Acre (34), Alagoas (92), Amazonas (109), Amapá (10), Bahia (511), Ceará (202), Distrito Federal (8), Espírito Santo (71), Goiás (150), Maranhão (205), Minas Gerais (516), Mato Grosso do Sul (141), Mato Grosso (213), Pará (203), Paraíba (116), Pernambuco (184), Piauí (189), Paraná (356), Rio de Janeiro (81), Rio Grande do Norte (70), Rondônia (83), Roraima (17), Rio Grande do Sul (410), Santa Catarina (170), Sergipe (55), São Paulo (575) e Tocantins (83).

 

Edital concurso IBGE 1/2017

Refitificação edital concurso IBGE 1/2017

blog

Outras Notícias