Central de Concursos
  • Por: Yuri Salso - Publicado em 06/12/2021 11h06 - Atualizado em 10/12/2021 09h51
Concurso IBGE 2022 Censo Demográfico (Foto: Divulgação)

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) oficializou, nesta sexta-feira, 6 de dezembro, a contratação da terceira e última banca organizadora que irá organizar o concurso IBGE 2022 para o Censo Demográfico.

O Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC) ficará à frente da seleção de 1.812 vagas temporárias, voltada para os cargos de coordenador censitário de área (31 vagas) e agente censitário de administração e informática (1.781), visando a fase final do Censo 2022.

As outras bancas contratadas para lançar outros dois editais para o concurso IBGE são a Idecan e a Fundação Getúlio Vargas.

A primeira comandará o processo seletivo com 192 vagas exclusivas para o estado do Rio de Janeiro, sendo 180 para o cargo de agente censitário de pesquisa por telefone e 12 para supervisor censitário de pesquisas e codificação.

Já a segunda empresa, contratada no fim do mês passado, assumirá o maior edital do IBGE, que traz 206.891 vagas temporárias para todos os municípios do país, e que está mais próximo de ser publicado. Essa grande quantidade de oportunidades será destinada a três cargos:

Recenseador - 183.021 vagas para nível fundamental;
Agente censitário supervisor - 18.420 vagas para nível médio;
Agente censitário municipal - 5.450 vagas para nível médio.

Os outros editais, como não tem relação direta com o trabalho de coleta de dados sobre o novo perfil da população brasileira, poderão ser lançados ao longo do primeiro semestre de 2022.

Se totalizarmos todas as oportunidades autorizadas para esses editais, o concurso IBGE contratará 209.024 profissionais por tempo determinado. Para que isso pudesse acontecer, o IBGE possui orçamento de R$292.907.087 previsto no Projeto de Lei Orçamentária Anual de 2022.

Concurso IBGE 2022: remunerações dos cargos e estrutura da prova

O edital da seleção de 206 mil vagas temporárias deverá ser publicado no Diário Oficial da União e no site da FGV nos próximos dias. Assim que isso acontecer, o prazo de inscrições será aberto e as datas das provas objetivas serão marcadas.

Por falar nas provas, a estrutura delas deverá ser a mesma do concurso que fora cancelado em outubro. Os candidatos aos dois cargos de agente censitário terão que responder a 60 questões divididas em: dez de Português, dez de Raciocínio Lógico, cinco de Ética no Serviço Público, 15 de Noções de Administração/Situações Gerenciais e 20 de Conhecimentos Técnicos.

No caso das provas para o cargo de recenseador, serão dez questões a menos em comparação ao exame de agentes, com dez de Língua Portuguesa, cinco de Ética no Serviço Público, dez de Matemática e 25 de Conhecimentos Técnicos.

Os selecionados irão trabalhar no Censo Demográfico de 2022, previsto momentaneamente para acontecer entre os dias 1º de junho e 31 de agosto. 

A remuneração do recenseador é variável, pois depende da carga horária de trabalho que ele fará, bem como o número de entrevistas. Para quem vai trabalhar na capital de São Paulo, os valores estimados variam da seguinte forma: R$ 1.629,76 (25 horas semanais), R$ 1.986,64 (30 horas semanais), R$ 2.639,96 (40 horas semanais) e R$ 3.286,24 (50 horas semanais).

Já para agente censitário municipal e agente censitário supervisor, os ganhos são de R$2.558 e R$2.158, respectivamente, para 40 horas semanais. Os valores já incluem R$458 de auxílio-alimentação.

Ficha Técnico Concurso IBGE - Censo Demográfico 2022

Órgão: IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística
Vagas: 206.891
Status: Concurso confirmado e banca definida
Cargos: Recenseador, Agente Censitário Municipal, Agente Censitário Supervisor
Áreas de Atuação: Administrativa, Operacional
Escolaridade: Ensino Fundamental e Ensino Médio
Banca organizadora: FGV
Abrangência: Nacional
blog

Cursos

Apostilas

Outras Notícias