Central de Concursos
  • Por: Yuri Salso - Publicado em 16/01/2017 12h32 - Atualizado em 01/03/2017 16h15

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ/SP) está em fase de estudos do número de vagas que serão oferecidas em seu concurso público para escrevente técnico judiciário, segundo informações da assessoria de imprensa do órgão. A realização de um novo certame na 1ª Região Administrativa, que engloba comarcas da capital e Grande São Paulo, já havia sido confirmada pelo desembargador Paulo Dimas Bellis Mascaretti, presidente do TJ/SP, devido ao deficit de 3.159 escreventes em todo o estado.

Segundo Paulo Dimas, o edital deve ser liberado em março. “Nós já estamos trabalhando para abrir um novo concurso para escreventes para a capital, aqui, da 1ª Região, muito provavelmente no próximo mês”, afirmou. Também de acordo com o presidente, as convocações dos aprovados serão iniciadas no início do segundo semestre.

A necessidade de uma nova seleção é grande pois, além do deficit de funcionários, o último concurso para as comarcas da capital e Grande São Paulo tem validade somente até maio deste ano, sem possibilidade de prorrogação.

O desembargador destacou ainda que um outro concurso público para as comarcas da 2ª à 10ª Região Administrativa (capital e interior) será realizado após o fim da validade do certame em andamento, que termina em dezembro. “À medida que os concursos forem esgotando a possibilidade de recrutamento, nós vamos fazer novos concursos para trazer novos servidores”, garantiu.

A carreira de escrevente técnico judiciário exige apenas o nível médio de escolaridade e oferece vencimentos iniciais de R$ 5.697,16, valor que já inclui o auxílio alimentação. Os servidores ainda contam com auxílio-transporte.

 

Projeto de lei cria mais vagas


O TJ-SP também deve contar com uma ampliação no número de vagas para escrevente pois tramita na em regime de urgência na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), um projeto de lei que cria 188 vagas no órgão, com a elaboração de novas varas em diversas cidades do Estado de São Paulo

 

Histórico de convocações


O Tribunal de Justiça de São Paulo tem um histórico de convocações muito acima das vagas oferecidas inicialmente. No concurso realizado em 2014 com 471 vagas para a 1ª Região Administrativa, 1.711 aprovados já foram convocados.

Já no certame para as comarcas da 2ª a 10ª Região, realizado em 2015, 1.200 convocações foram realizadas, sendo que a oferta inicial era de 345 oportunidades.

As seleções foram feitas por meio de prova objetiva com 100 questões sobre língua portuguesa (24), noções de direito (36) e conhecimentos gerais (40). Os candidatos também realizaram uma prova prática de digitação. Foram considerados aprovados aqueles que acertaram 50 questões, além atingir no mínimo 50% de acerto nas questões de Língua Portuguesa e de conhecimentos em Direito. A banca organizadora responsável foi a Fundação Vunesp.

blog

Outras Notícias