Central de Concursos
  • Por: Yuri Salso - Publicado em 28/04/2016 17h06 - Atualizado em 11/08/2016 10h04

Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (SEE/SP) planeja preencher um total de 4.148 vagas no magistério a partir deste semestre. Desse total, 2.000 vagas são para concursos públicos de contratação temporária: 500 para professor de educação básica I e 1.500 para professor de educação básica II.

 

Concurso autorizado

 

28/04/2016 | O governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, assinou nesta quinta-feira (28), o despacho que autoriza a realização do concurso público que visa preencher 3.061 vagas temporárias na Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (SEE/SP).

 

Das 3.061 oportunidades, 2.000 são reservadas à área de magistério, com cargos para professor de educação básica I (500 vagas) e professor de educação básica II (1.500). Os outros cargos ofertados são os de agente de organização escolar (990) e agente de serviços escolares (71).

 

Quem deseja concorrer à vaga de professor de educação básica I (PEB I) precisa ter curso superior com habilitação em magistério das séries iniciais do ensino fundamental, licenciatura em pedagogia ou programa especial de formação pedagógica superior. O cargo de professor de educação básica II (PEB II) exige curso superior com licenciatura na área almejada. Já os cargos de agente de organização escolar e agente de serviços escolares exigem, respectivamente, nível médio e nível fundamental.

 

Na área de magistério, para jornada semanal de 30 horas, os vencimentos iniciais são de R$1.565 para PEB I e R$1.811 para PEB II, podendo chegar, respectivamente, a R$3.148 e R$3.644 com as evoluções possíveis na carreira. Já para os cargos de agente, as remunerações iniciais são de R$1.026 para uma jornada de trabalho de 40 horas semanais.

 

Confira o despacho publicado na edição desta quinta-feira (28) do Diário Oficial de São Paulo:

 

No processo SE-38-16 (CC-39.850-16), sobre autorização para a contratação por tempo determinado: “À vista dos elementos de instrução do processo, com fundamento no inc. X do art. 115 da Constituição do Estado e na LC 1.093-2009, regulamentada pelo Dec. 54.682-2009, autorizo, em caráter excepcional, comprovada a necessidade temporária de excepcional interesse público, a Secretaria da Educação a adotar as providências necessárias para a contratação, por tempo determinado e pelo prazo máximo de 12 meses, de 990 Agentes de Organização Escolar e 71 de Agente de Serviços Escolares, mediante a realização de processo seletivo simplificado que fica autorizada a realizar, observadas as disponibilidades orçamentárias e obedecidos os demais preceitos legais e regulamentares atinentes à espécie.”

 

No processo SE-059-2016, sobre autorização para a contratação por tempo determinado: “À vista dos elementos de instrução do processo, com fundamento no inc. X do art. 115 da Constituição do Estado e no inc. II do art. 1º da LC 1.093- 2009, regulamentada pelo Dec. 54.682-2009, autorizo, em caráter excepcional, comprovada a necessidade temporária de excepcional interesse público, a Secretaria da Educação a adotar as providências necessárias visando à contratação, em substituição, por tempo determinado e pelo prazo máximo de 12 meses, de 2000 Professores, sendo 500 PEB I e 1500 PEB II, mediante a realização de processo seletivo simplificado que fica autorizada a realizar, observadas as disponibilidades orçamentárias e obedecidos os demais preceitos legais e regulamentares atinentes à espécie.”

blog

Outras Notícias