• Por: Yuri Salso - Publicado em 14/12/2016 12h57 - Atualizado em 14/12/2016 13h50

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que possui sede no Distrito Federal, teve a realização do seu concurso público para os cargos de técnico e analista judiciário incluída no Orçamento Federal de 2017. Com base na lei 13.250, sancionada em janeiro deste ano pela então presidente da República, Dilma Rousseff, e que cria novas vagas no TSE, a expectativa é pela abertura de 118 vagas iniciais (110 para analistas e 08 para técnicos).
 

A carreira de técnico judiciário exige o nível médio completo e conta com vencimentos iniciais de R$7.111,86, valor que já consta o salário-base de R$2.965,38, a Gratificação Judiciária (GAJ) de R$3.202,61, a Vantagem Pecuniária Individual (VPI) de R$59,87 e o auxílio-alimentação de R$884.

Já para a carreira de analista judiciário é necessário que o candidato possua o nível superior. Os ganhos iniciais são de R$11.063,80, sendo R$4.865,35 de salário-base, GAJ de R$5.254,58, VPI de R$59,87 e o auxílio-alimentação de R$884.

Além dos vencimentos iniciais, os servidores do Tribunal Superior Eleitoral também recebem assistência médica, auxílio transporte, auxílio creche e assistência pré-escolar.

Os valores das taxas de inscrição de R$ 65 para o cargo de nível médio e R$ 80 para o que exige curso superior, também já estão inseridos na proposta orçamentária. A expectativa é de sejam recebidos 70.000 inscritos no concurso, sendo 40.000 para técnico e 30.000 para analista.

O Orçamento Federal está sendo analisado no Congresso Nacional, que poderá aprová-lo ainda este mês, ou no máximo, no início do ano que vem. Assim que o projeto for aceito, deverá seguir para a sanção do presidente Michel Temer e, deste modo, o TSE poderá se preparar para abrir o novo concurso.

 

Último concurso TSE


O último processo seletivo do Tribunal Superior Eleitoral foi realizado em 2011 e contemplou vagas de cadastro reserva para técnico e analista. Os candidatos fizeram prova objetiva com questões de múltipla escolha sobre conhecimentos gerais e conhecimentos específicos. Para analista ainda houve teste discursivo (redação) e análise de títulos. A banca responsável por organizar a seleção foi a Consulplan.

Outras Notícias