Central de Concursos
  • Por: Redação - Publicado em 30/09/2021 14h57
Foto: Divulgação


Na última segunda-feira, 27 de setembro, a Fundação Cesgranrio encerrou o prazo de inscrições para o concurso de técnico bancário da Caixa Econômica Federal, com 1.100 vagas exclusivas para portadores de deficiência. Em breve, a banca organizadora deve divulgar o total de inscritos nesse certame. Com essa etapa concluída, o foco agora será a organização das provas objetivas que serão aplicadas daqui há um mês.

Antes disso, no dia 7 de outubro, a banca divulgará a relação provisória dos candidatos com deficiência que tiveram a solicitação de atendimento especial e de inscrição aceita pelos examinadores. Os recursos contra essa etapa serão aceitos nos dias 7 e 8 do mesmo mês.

Já no dia 15, os concorrentes terão acesso ao link para a consulta individual à situação final de solicitação de atendimento especial e à relação final dos candidatos inscritos no concurso.

Em 27 de outubro, ou seja, há quatro dias antes da aplicação dos exames objetivos, os inscritos poderão conferir, através do site da Cesgranrio, o local em que realização as provas. Quem ainda tiver dúvidas sobre a aplicação das provas poderá fazê-los nos dias 28 e 29 do mesmo mês.

Como serão as provas do Concurso Caixa?

Por fim, 31 de outubro, o grande dia para quem está se preparando e que sonha em trabalhar na Caixa Econômica Federal. Os inscritos de todo o país serão avaliados por meio de provas 60 questões, sendo 30 de Conhecimentos Básicos e 30 de Conhecimentos Específicos (para técnico tradicional e técnico em TI):

Conhecimentos Básicos (para técnico tradicional e de TI): 10 questões de Língua Portuguesa, 10 de Matemática Financeira e mais 10 de Conhecimentos Bancários.

Conhecimentos Específicos (para técnico tradicional): Cinco questões de Noções de Probabilidade e Estatística, 10 de Conhecimentos de Informática e 15 de Atendimento Bancário.

Conhecimentos Específicos (para técnico de TI): 30 questões de Tecnologia da Informação.

A meta a ser atingida pelo candidato é de, no mínimo, 50% dos pontos no conjunto da prova de cada conhecimento (Básico e Específico), além de se classificar dentro do triplo do total de vagas e do número de cadastro de reserva. Segundo o edital, somente os 3.300 candidatos mais bem pontuados na prova objetiva terão as redações corrigidas.

A prova de redação, por sinal, será aplicada no mesmo dia da prova objetiva. O candidato terá de produzir um texto dissertativo-argumentativo, em que a pontuação máxima a ser atingida é de 100 pontos.

Após à realização das provas objetivas e de redação, os candidatos ainda passarão pela aferição da veracidade da autodeclaração prestada por candidatos pretos ou pardos, pela análise do laudo médico (necessário para comprovar deficiência) e procedimentos admissionais.

Calendário das demais fases do Concurso Caixa

  • 17 de novembro: disponibilização da imagem do cartão-resposta, divulgação dos resultados das provas objetivas e dos resultados preliminares das notas da redação; 
  • 17 e 18 de novembro: vista da prova de redação e pedido de revisão das notas para candidatos com nota inferior a 70; 
  • 22 de novembro: resultado dos pedidos de revisão de notas de redação e convocação dos candidatos que se autodeclararam pretos ou pardos; 
  • 25 e 26 de novembro: aferição da veracidade da autodeclaração prestada por candidatos concorrentes às vagas reservadas para pessoas pretas ou pardas; 
  • 1º de dezembro: resultado preliminar da aferição; 
  • 1º e 2 de dezembro: apresentação de recursos contra o resultado da aferição; 
  • 4 de dezembro: divulgação do resultado preliminar do parecer da equipe multiprofissional sobre os laudos médicos enviados pelas pessoas com deficiência; 
  • 4 e 5 de dezembro: recursos contra o resultado anterior; 
  • 10 de dezembro: divulgação do resultado definitivo do parecer da equipe multiprofissional e previsão da homologação dos resultados finais.

Assim que o resultado for homologado, a Caixa poderá convocar todos os 1.100 aprovados para ingressar nas agências da Caixa espalhadas pelo país. Só no estado de São Paulo, por exemplo, esse contingente será de, nada menos que, 229 novos técnicos, sendo 207 para vagas imediatas e 22 para cadastro de reserva.

A remuneração inicial para essa carreira será de R$4.486,03, valor composto pelo salário de R$3 mil mais R$831,16 de auxílio refeição/alimentação e R$654,87 de auxílio cesta/alimentação. Eles ainda receberão outros benefícios como auxílio 13ª cesta alimentação, auxílio-creche, terão direito a participar nos lucros e resultados obtidos pela agência e ainda poderão progredir dentro da carreira. A carga de trabalho é de 30 horas semanais e o regime de contratação é o celetista.

- LEIA TAMBÉM: Concurso Caixa – Quem pode ser considerado portador de deficiência?

blog

Cursos

Apostilas

Outras Notícias