Central de Concursos
  • Por: Redação - Publicado em 25/08/2021 15h31 - Atualizado em 25/08/2021 16h36
Foto: Google Maps

A Caixa Econômica Federal, uma das principais instituições bancárias do Brasil, já está trabalhando para abrir, o mais rápido possível, o novo concurso Caixa 2021 para técnico bancário voltado exclusivamente para Pessoas com Deficiência (PcDs). Uma fonte informou à reportagem da Central de Concursos que a empresa iniciou o processo para escolher a banca organizadora do certame em questão.

Como o processo ainda está em andamento, a Caixa optou por não antecipar se há alguma empresa com maior favoritismo a vencer esse processo. Mas é certo afirmar que uma banca será anunciada até o mês de setembro, quando se pretende lançar o edital. No concurso de 2014, o último da instituição, a empresa responsável pela organização foi o Cebraspe (antigo Cespe/UnB).  

Vale lembrar que esse concurso foi anunciado pelo presidente da Caixa, Pedro Guimarães, no mês passado, e confirmado pela própria instituição na semana seguinte. A intenção da estatal é atingir o percentual exigido pela Lei 8.213/1991 que é de incluir, ao menos, 5% de profissionais com deficiência no quadro completo de servidores. Como no Concurso Caixa de 2014 todos os candidatos classificados na condição de deficientes foram convocados, faz-se necessário realizar um novo certame para que, assim, a empresa possa cumprir a lei.

Na semana passada, em entrevista concedida ao programa de rádio A Voz do Brasil, Pedro Guimarães confirmou que as mil vagas a serem abertas contemplarão todos os estados do país desde que eles possuam uma agência bancária.

Concurso Caixa abrangerá cinco condições de deficiência

De acordo com o Decreto n. 3.298/1999 e da Súmula 377 do Supremo Tribunal de Justiça, poderão para participar desse novo concurso Caixa candidatos que apresentarem as seguintes condições de deficiência:

Física: alteração completa ou parcial de um ou mais segmentos do corpo humano, acarretando o comprometimento da função física, apresentando-se sob a forma de paraplegia, paraparesia, monoplegia, monoparesia, tetraplegia, tetraparesia, triplegia, triparesia, hemiplegia, hemiparesia, ostomia, amputação ou ausência de membro, paralisia cerebral, nanismo, membros com deformidade congênita ou adquirida, exceto as deformidades estéticas e as que não produzam dificuldades para o desempenho de funções;

Auditiva: perda bilateral, parcial ou total, de quarenta e um decibéis (dB) ou mais, aferida por audiograma nas frequências de 500HZ, 1.000HZ, 2.000Hz e 3.000Hz;

Visual: cegueira, na qual a acuidade visual é igual ou menor que 0,05 no melhor olho, com a melhor correção óptica; a baixa visão, que significa acuidade visual entre 0,3 e 0,05 no melhor olho, com a melhor correção óptica; os casos nos quais a somatória da medida do campo visual em ambos os olhos for igual ou menor que 60o; ou a ocorrência simultânea de quaisquer das condições anteriores;

Mental: funcionamento intelectual significativamente inferior à média, com manifestação antes dos 18 anos e limitações associadas a duas ou mais áreas de habilidades adaptativas, tais como: comunicação; cuidado pessoal; habilidades sociais; utilização da comunidade; utilização dos recursos da comunidade; saúde e segurança; habilidades acadêmicas; lazer; e trabalho;

Deficiência múltipla: pessoas que portam duas ou mais deficiências.

A súmula estabelece que o candidato que for portador de visão monocular tem direito de concorrer às vagas reservadas aos PcDs em concursos públicos.  

Saiba mais sobre o cargo de técnico bancário da Caixa

Com essa oportunidade à vista, concurseiros que portam algum tipo de deficiência listada acima já podem iniciar a preparação para prestar o concurso e disputar as mil vagas oferecidas, desde que possuam nível médio, escolaridade exigida pela função.

A carga de trabalho de um técnico bancário será de 30 horas semanais. Com relação à remuneração, no início de carreira, eles receberão R$3 mil mensais. Porém, com a inclusão de diversos benefícios, esse valor pode subir para, aproximadamente, R$4.486,03. Confira que benefícios são esses:

• auxílio refeição/alimentação – R$831,16 (já somado no valor de R$4.486,03)
• auxílio cesta/alimentação – R$654,87 (já somado no valor de R$4.486,03)
• auxílio 13ª cesta alimentação – R$654,87
• auxílio creche/babá – R$502,98
• possibilidade de ascensão e desenvolvimento profissional;
• participação nos lucros e nos resultados;
• possibilidade de participação em plano de saúde e em plano de previdência complementar;
• possibilidade de participação em programa de elevação da escolaridade e desenvolvimento;
• programas de preservação da saúde, qualidade de vida e prevenção de acidentes.

Por fim, a contratação para esse cargo será através do regime celetista, cujo contrato traz, entre outros benefícios, o pagamento do Fundo Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

Saiba como foi o último concurso Caixa Econômica Federal 

No edital da Caixa Econômica de 2014, constou que a prova objetiva teve 120 itens, sendo 50 de conhecimentos básicos e 70 de conhecimentos específicos. Em conhecimentos básicos foram 14 de língua portuguesa, com peso dois, e 36 sobre matemática, raciocínio lógico, atualidades, ética e legislação específica, com peso um. Conhecimentos específicos contou com peso dois. Os candidatos também foram submetidos a uma prova discursiva de conhecimentos específicos, com peso um.  

Ficha Técnica Concurso Caixa (CEF) 2021

Órgão: CEF - Caixa Econômica Federal
Satus: Concurso confirmado
Vagas: 1.000
Cargos: Técnico Bancário
Áreas de Atuação: Bancária
Escolaridade: Ensino Médio
Remuneração: R$ 4.486,03
Abrangência: Nacional
blog

Cursos

Apostilas

Outras Notícias