Central de Concursos
  • Por: Yuri Salso - Publicado em 01/06/2021 16h05 - Atualizado em 01/06/2021 17h08
Novo pedido concurso Bacen 2021: 240 vagas para níveis médio e superior


Um novo concurso Bacen (Banco Central) foi oficialmente solicitado ao Ministério da Economia. O pedido é para preenchimento de 245 vagas, distribuídas para os cargos de analista (200 vagas), técnico (30) e procurador do Banco Central (15).

O Banco Central não realiza novos concursos há 8 anos, o que levou a um acumulo de 2.928 cargos vagos em seu quadro de pessoal. Os dados são referentes a janeiro deste ano e ressaltam a necessidade da publicação de um novo edital. 

Apenas para analista, faltam 2.384 servidores. Há ainda 408 postos sem preenchimento para técnico e 136 para procurador. De modo geral, dos 6.470 cargos previstos na Lei nº 9.650, que prevê o quadro de pessoal do BC, apenas 3.545 estão ocupados.

O Banco Central, por sua vez, busca reverter a situação e nomear servidores para suprir o déficit. Em 2020, um pedido para realização do concurso Bacen enviado ao Ministério da Economia, para provimento de 260 vagas, não foi autorizado pela Pasta do ministro Paulo Guedes.

Vale lembrar que, em 24 de fevereiro de 2021, foi sancionada a Lei que confere autonomia ao Banco Central do Brasil. O texto, sancionado com dois vetos pelo Executivo, já havia recebido sinal verde da Câmara dos Deputados, em 10 de fevereiro de 2021, e do Senado Federal, ainda em 2020. A autonomia da instituição é essencial para agilizar o processo de autorização de um novo concurso Bacen.

Concurso Bacen: requisitos e remunerações

No caso de técnico é necessário possuir apenas ensino médio, com remuneração inicial de  R$ 7.741,31 por mês, já considerando o auxílio-alimentação de R$ 458.

Para analista e procurador é necessário possuir formação de nível superior em diversas áreas de atuação. Os vencimentos são de R$ 19.655,06 e a R$ 21.472,49, respectivamente, ambos já considerando o complemento de R$ 458.

Saiba como foi o último edital do concurso Bacen

Em 2013, o concurso Banco Central promoveu seleção com 500 vagas destinadas aos cargos de técnico e analista. Na ocasião, a banca organizadora foi o Cespe/UnB e a remuneração inicial oscilou entre R$ 5.158,23 e R$ 14.289,24.

A carreira de técnico apresentou 100 oportunidades e estava dividida entre as áreas de suporte técnico-administrativo e segurança institucional. A exigência era de ensino médio completo.

Destinado a profissionais de nível superior, o cargo de analista (400) estava distribuído em seis áreas de conhecimentos: análise e desenvolvimento de sistemas, suporte à infraestrutura de tecnologia da informação, política econômica e monetária, contabilidade e finanças, infraestrutura e logística, e gestão e análise processual.

O processo seletivo do concurso Bacen (Banco Central) constou de prova objetiva, teste discursivo e análise de títulos – este último apenas para analista. Depois, houve um programa de capacitação aos candidatos aprovados.

Todos os profissionais contratados pelo concurso foram lotados em Brasília (DF), Belém (PA), São Paulo (SP), Salvador (BA) e Porto Alegre (RS).

Ficha Técnica Concurso Bacen - Banco Central

Órgão: Banco Central do Brasil (BACEN)
Status: Concurso solicitado
Vagas: 245
Cargos: Técnico, Analista e Procurador
Escolaridade: Níveis médio e superior
Remuneração: até R$ 21.472,49
blog

Cursos

Apostilas

Outras Notícias