Central de Concursos
  • Publicado em 05/10/2015 17h28

O prefeito Fernando Haddad autorizou a abertura do concurso público que visa o preenchimento de 2.472 vagas para professor de ensino fundamental II e médio. A seleção já é planejada pela Secretaria Municipal de Educação de São Paulo e, de acordo com a assessoria de imprensa do órgão, o edital deve ser lançado ainda neste semestre. 

 

O cargo conta com exigência de licenciatura plena na área de atuação. A remuneração inicial é de R$ 2.475 para a jornada de 30 horas semanais, incluindo salário de R$ 2.079,43 e o abono complementar de R$ 395,57. Já para a jornada integral o inicial é de R$ 3.300, incluindo salário de R$ 2.772,60 e R$ 527,40 de abono complementar. Os servidores ainda contam com auxílio refeição de R$ 13,46 por dia, auxílio transporte e vale alimentação de R$ 257,12. Os novos contratados atuarão em 547 Escolas Municipais de Ensino Fundamental (EMEFs) e oito Escolas Municipais de Ensino Fundamental e Médio (EMEFMs). 

 

A última seleção foi realizada em 2012 e contou com uma oferta inicial de 3.185 vagas, para um total de 56.756 inscritos. A organizadora foi a Fundação Carlos Chagas. A validade do concurso terminou em dezembro de 2014. A seleção contou com 3.185 oportunidades para professores das disciplinas de Artes, Biologia, Ciências, Educação Física, Espanhol, Física, Geografia, História, Inglês, Matemática, Português, Química, Filosofia e Sociologia. Ao todo, mais de 4 mil candidatos foram aprovados na seleção.

 

Clique aqui e confira o despacho do prefeito Fernando Haddad publicado no Diário Oficial de União.

blog

Outras Notícias