Central de Concursos
  • Por: Yuri Salso - Publicado em 14/06/2018 13h23 - Atualizado em 14/06/2018 16h48
Agora é oficial: um novo concurso público da Advocacia-Geral da União (AGU) será realizado ainda em 2018. O aval do Ministério do Planejamento, aguardado desde o fim do ano passado, foi publicado no Diário Oficial da União desta quinta-feira, 14 de junho (imagem abaixo).
 
Autorização concurso AGU 2018
 
O concurso AGU oferecerá 100 vagas para preenchimento imediato, distribuídas da seguinte forma: 48 vagas para o cargo de administrador, 32 para contador, 10 para analista técnico-administrativo, 5 para técnico em comunicação social, 2 para arquivista, 2 para técnico em assuntos educacionais e 1 para bibliotecário. Todas as carreiras exigem ensino superior completo, com remuneração inicial de R$ 6.200, considerando vencimentos básicos e gratificações.
 
Agora, a AGU irá acelerar os preparativos para que o edital seja publicado. O documento precisa sair até 14 de dezembro, 6 meses após a publicação da portaria autorizativa. Como o órgão já deu início ao processo de escolha da banca organizadora, a tendência é de que o edital seja liberado antes do limite estipulado.

 

Projeto de Lei cria 3.000 vagas


Vale ressaltar que tramita na Câmara dos Deputados o projeto de lei do Poder Executivo nº 6788/2017, que pretende reestruturar as carreiras de tecnologia de informação e cargos de suporte de atividades tributárias e aduaneiras da Receita Federal, e também reorganizar o quadro de pessoal da AGU, com a criação de 3.000 vagas (SAIBA MAIS)

 

Últimos concursos AGU


O último concurso AGU para cargos da área de apoio operacional ocorreu em 2014, quando foram ofertadas 100 vagas para lotação na sede em Brasília e na Secretaria de Portos da Presidência da República (SEP/PR), pelo regime jurídico únicos dos servidores civis da união, autarquias e fundações públicas federais. Na ocasião, a banca organizadora do concurso foi o Idecan.

As oportunidades de nível superior foram para os cargos de analista de sistemas (10 postos), analista técnico administrativo (34), bibliotecário com registro profissional (3) e técnico em comunicação social (3). A carreira de técnico em contabilidade (10) exigia nível técnico.

Já na Secretaria dos Portos, as vagas de nível médio eram de agente administrativo (10), enquanto a função disponível para o nível técnico foi de técnico em contabilidade (7). Para o nível superior, a oferta foi para os cargos de administrador (4), analista técnico administrativo (15), contador (2) e economista (2).

Anteriormente, a AGU realizou uma seleção em 2006 com 25 mil inscritos para 336 vagas, somente para os cargos de administrador, contador, economista e engenheiro. Neste caso, a banca organizadora foi o NCE/UFRJ.

blog

Outras Notícias