Central de Concursos
  • Publicado em 18/02/2013 17h26
A autorização do Banco Central deverá sair a qualquer momento, e o edital aguardado para três meses após essa autorização.

Com um grande déficit de pessoal, em função de aposentadorias ocorridas nos dois últimos anos e previsão de um grande número de aposentadorias também neste ano, o Banco tem pressa na realização de seu novo concurso.

Há expectativa de uma oferta de 1.090 vagas: 200 para técnicos – nível médio, R$ 5.290 - 830, para analista – superior, R$ 13.333 – e 60 para procurador – bacharéis em Direito, R$ 16.092 -. A estimativa de distribuição dos servidores por região é a seguinte: Brasília: 45,91% - São Paulo: 16,83% - Rio de Janeiro: 13,04% - Belo Horizonte: 5,9% - Porto Alegre: 4,37% - Recife: 3,55% - Curitiba: 3,29% - Fortaleza: 3,11% - Salvador: 2,42% e Belém: 1,58%.

A melhor estratégia para quem pretende se candidatar a uma das vagas é tomar como base o último edital (2009) já que, segundo o Chefe Adjunto do BC, Delor Moreira, 90% daquele conteúdo será aproveitado, passando apenas por atualização. Com esse anúncio antecipado não espere mais e comece seus estudos.

As contratações são pelo regime estatutário, e o benefício de auxílio-alimentação no valor de R$ 373, já está incluído na remuneração.
blog

Outras Notícias