Central de Concursos
  • Publicado em 23/04/2013 12h11
A Polícia Militar do Estado de São Paulo divulgou o edital do concurso público para ingresso no curso de formação da PM de Barro Branco.

Serão 220 vagas, para todo o estado, para ambos os sexos, sem distribuição de vagas por municípios.

Para concorrer é necessário possuir ensino médio completo, idade até 26 anos e altura mínima de 1,65m para homens e 1,60m para mulheres.

No primeiro ano do curso, os aprovados recebem bolsa auxílio de R$2.489,08, já considerando adicional de insalubridade de R$497,60.As inscrições serão recebidas no período de 6 de maio a 7 de junho.

Durante o curso, o valor da bolsa vai aumentando anualmente. No segundo passa a ser de R$2.691,90; no terceiro vai para R$2.957,80 e no último vai para R$3.196,38.

Os aprovados, após um período de seis meses a um ano passam a ser considerados aspirantes a oficiais e recebem R$4.912,46 em cidades com até 500 mil habitantes e R$5.227,46 com mais de 500 mil.

Ao se tornar segundo tenente, o valor muda para R$5.186,30 para locais com até 500 mil habitantes e R$5.501 para mais de 500 mil.

As inscrições poderão ser feitas somente pela internet, na página eletrônica da organizadora, a Fundação Vunesp: www.vunesp.com.br.A taxa é de R$130.

Na ocasião, o candidato deve optar pela cidade de preferência para a aplicação das provas: Araçatuba, Bauru, Campinas, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo e Sorocaba.

A prova objetiva está prevista para 14 de julho. O exame contará com 80 questões, sendo 30 de Ciências Humanas (dez de História, cinco de Filosofia, cinco de Sociologia e dez de Geografia), 40 de Linguagem, Códigos e suas Tecnologias (30 de Língua Portuguesa e dez de Língua Inglesa ou Espanhola) e dez de Ciências da natureza e Matemática.

No mesmo dia os candidatos serão submetidos a uma redação. Posteriormente, o processo de seleção contará com provas de condicionamento físico, avaliação psicológica, exames de saúde e investigação social.

Fonte: Folha Dirigida
blog

Outras Notícias