Central de Concursos
  • Publicado em 01/07/2013 18h29
Os interessados a uma das vagas oferecidas pelo Bacen, que totalizam 515 vagas – 100 para técnico, 400 para analista e 15 para procuradores – devem intensificar seus estudos, isto porque é provável que o edital saia no final deste mês, embora o prazo, a contar de 25 de março, data da autorização, expire em 25 de setembro e a previsão de antecipação deve-se ao fato do grande fluxo de saída de servidores por aposentadoria. O diretor da Administração do Banco Central, Atamir Lopes, tem pressa em contar com os novos servidores aprovados.

A organizadora já está escolhida e será a Cespe /Unb que se caracteriza por questões do tipo certa ou errada, cada item que o candidato errar anula um que ele acertou e predominam perguntas com grau de dificuldade médio e alto.

Seleção
Para técnico, a exigência é apenas o nível médio e conta com uma remuneração inicial de R$ 5.531,23. Já para analista (superior), o inicial é de R$ 13.968,85 e procurador R$ 16.092,13. O candidato a procurador deve possuir Bacharelado em Direito e, pelo menos, dois anos de prática forense.

Tudo indica que o concurso será regionalizado, isto é, os candidatos poderão escolher, no ato da inscrição, a cidade onde desejam trabalhar, segundo informou, Dario Marcos Piffer, o presidente do Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central e com oferecimento onde há unidades do banco – Brasília, que é a sede – Rio de Janeiro – São Paulo – Belo Horizonte – Porto Alegre – Salvador – Recife – Fortaleza e Belém.
blog

Outras Notícias