Central de Concursos
  • Publicado em 19/02/2015 00h00
No Diário Oficial da União desta quinta, 19 de fevereiro, foi publicada a aguardada autorização para realização do concurso do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), órgão vinculado ao Ministério da Justiça. As 258 vagas à serem preenchidas são para os cargos de Especialista em Assistência Penitenciária (8); Técnico de Apoio à Assistência Penitenciária (10); e Agente Penitenciário Federal (240). O prazo para a divulgação do edital é de seis meses a partir da publicação da autorização.
 
Com remuneração inicial de R$5.403,95, além do nível médio, o cargo de agente penitenciário federal também exige dos candidatos carteira de habilitação na categoria B ou superior. As funções de técnico e especialista pagam, respectivamente, R$3.679,20 e R$5.254,88 mensais. Para esses, em geral, as chances são em diferentes especialidades da área de saúde. Na seleção anterior, realizada em 2013 pela Cespe/UnB, as chances de técnico foram na área de Enfermagem e as de especialista, para as áreas de Clínica Geral, Enfermagem, Farmácia, Odontologia, Pedagogia, Psicologia, Psiquiatra, Serviço Social e Terapia Ocupacional. Para esses, a carga de trabalho é de 40 horas semanais. Em todos os casos, as contratações são pelo regime estatutário, que prevê estabilidade, e as remunerações incluem o auxílio-alimentação, de R$373.
 
A seleção será para lotação nas penitenciárias federais, localizadas em Porto Velho (RO), Mossoró (RN), Catanduvas (PR) e Campo Grande (MS), e na sede do departamento, em Brasília. No concurso aberto no ano passado foram realizadas provas objetivas, discursiva, exame de aptidão física, somente para o cargo de Agente Penitenciário Federal, avaliação médica, avaliação psicológica, e investigação social. 
blog

Outras Notícias