Central de Concursos
  • Por: Yuri Salso - Publicado em 05/11/2015 11h05
No dia 24 de junho, o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) autorizou as seleções de três agências reguladoras, totalizando 286 vagas. Receberam o aval a Agência Nacional de Saúde (ANS), com 102 vagas, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), com 150, e a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), com 34.
 
Como o prazo para publicação dos editais estipulado pelo MPOG é de seis meses, as agências têm até o dia 24 de dezembro para divulgarem os documentos que oficializarão a abertura das seleções.
 
Confira detalhes sobre cada um dos concursos:
 
Agência Nacional de Saúde (ANS)
 
Para a ANS, o pedido foi autorizado em totalidade, havendo 66 vagas de técnico administrativo e 36 de técnico em regulação de saúde suplementar, sendo que o primeiro cargo requer nível médio completo e o segundo exige formação em curso técnico específico. As remunerações iniciais são de R$ 6.062,52 e R$ 6.330,52, respectivamente. A banca escolhida para organizar o processo seletivo foi a Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (Funcab).
 
Agência Nacional de Aviação Civil (Anac)
 
A Anac teve o aval para preencher 150 vagas, as quais estão distribuídas da seguinte maneira: 15 de técnico administrativo e 45 de técnico em regulação de aviação civil, para quem tem o 2º grau, além de 25 de analista administrativo e 65 de especialista em regulação de aviação civil, no 3º grau.
 
O cargo de técnico administrativo proporciona remuneração inicial de R$6.071,52, enquanto que para os técnicos em regulação o valor é de R$6.330,52. Já para a função de analista, o rendimento é de R$11.444,29 e para especialista, de R$12.347,29.
 
A agência já contratou a Escola de Administração Fazendária (Esaf) para organizar o processo seletivo.
 
Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP)
 
A ANP recebeu o sinal verde para preencher 14 vagas de técnico em regulação de petróleo e derivados, álcool combustível e gás natural e 20 de técnico administrativo, ambos de nível médio. Os vencimentos são de, respectivamente, R$ 6.707,52 e R$ 7.042,52. Ainda não há definição de qual será a bancar organizadora.
 
blog

Outras Notícias