Central de Concursos
  • Publicado em 01/10/2015 15h36
Com o aval do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) em mãos, a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) está realizando todos os trâmites necessários para lançar o edital de seu próximo concurso público, que terá 150 vagas de níveis médio e superior.
 
A ANAC tem até o dia 24 de dezembro para lançar o edital de abertura das inscrições do concurso, já que a portaria de autorização do certame (portaria n. 236), publicada no último dia 24 de junho, estabelecia um prazo de até seis meses para a divulgação do documento.
 
Os cargos contemplados pelas 150 vagas a serem abertas no concurso da ANAC são os seguintes: técnico administrativo (15), técnico em regulação de aviação civil (45), especialista em regulação de aviação civil (65) e analista administrativo (25).
 
Leia mais:
 
 
Os postos de técnico administrativo e técnico em regulação de aviação civil exigem o nível médio completo e pagam R$ 6.062,52 e R$ 6330,52, respectivamente, de acordo com a tabela de remuneração dos servidores federais de 2015.
 
Nível superior é o requisito para as funções de analista administrativo e especialista em regulação civil. Ambos os ofícios aceitam formação em qualquer área de atuação, exceto para alguns cargos de especialista, que podem solicitar formação específica. O salário de analista atualmente está em R$ 11.444,29 e o de especialista em R$ 12.347,49.
 
As remunerações de todas as carreiras já incluem o auxílio alimentação no valor de R$ 373.
 
Concurso anterior
 
A Agência Nacional de Aviação Civil realizou, em 2012, um processo seletivo com 170 postos, que foi organizado pelo Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB).
 
Na ocasião, o edital do concurso na ANAC apresentou 20 chances para técnico administrativo, 45 para técnico em regulação, 30 para analista administrativo e 75 para especialista em regulação. 
 
Todos os participantes foram submetidos às provas objetivas com 120 perguntas (de conhecimentos básicos e específicos) e aos testes discursivos. Depois, os candidatos aos empregos de nível superior passaram por análise de títulos, sendo esta etapa apenas de caráter classificatório.
 
O prazo de validade deste certame expirou no dia 5 de março para as colocações de técnico e analista; e no dia 11 de abril para os demais postos.
 
Dicas para o concurso da Anac:
 
 
blog

Outras Notícias