Central de Concursos
  • Por: Yuri Salso - Publicado em 28/09/2016 12h42 - Atualizado em 28/09/2016 17h07

A Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) pretende realizar um novo concurso público. No último mês de junho, a Mesa Diretora do órgão determinou que a Secretaria Geral de Administração tomasse medidas para iniciar o processo de escolha da banca organizadora.

Os cargos que serão contemplados pelo novo concurso Alesp e o número de vagas ainda não foram divulgados, mas a probabilidade é de que as oportunidades de técnico legislativo e analista legislativo sejam as beneficiadas, já que há 224 postos vagos para essas funções. De acordo com o site da Alesp, há 171 posições disponíveis para o cargo de técnico, uma chance para a carreira de procurador e outras 53 oportunidades vagas para a função de analista.

Os números evidenciam o aumento do déficit de servidores, que passou de 172 para 225 vagas desocupadas, comparando as verificações no quadro de funcionários feitas em 2016 e no ano passado.

 

Remunerações e benefícios


As carreiras de técnico e analista do legislativo estão distribuídas em diversas especialidades. O cargo de técnico é destinado aos candidatos com nível médio ou técnico e oferece vencimentos iniciais de R$ 6.151. Já a função de analista exige formação em nível superior em diversas áreas de atuação e conta com ganhos iniciais de R$ 10.080.

Para atuar como procurador, é preciso ter nível superior em direito e carteira da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), com no mínimo 2 anos de registro. As iniciais são de R$ 17.384.

Os servidores contam com reajustes salariais no decorrer das carreiras, que apresentam 20 níveis, podendo chegar a R$ 8.756 para técnico, R$ 15.348 para analista e R$ 23.002 para procurador

Não estão inclusos nos valores o vale-refeição diário de $ 41,24 que, se considerados 22 dias, corresponde a R$ 907,28.

 

Últimos concursos Alesp


Os últimos concursos da Alesp foram organizados pela Fundação Carlos Chagas em 2010 e 2012.

Em 2010, os cargos disponíveis no concurso eram  os de procurador, agente técnico legislativo (atualmente chamado de analista legislativo) e de agente legislativo de serviços técnicos e administrativos (técnico legislativo).

Já em 2012, as oportunidades abertas foram apenas para analista nas áreas de taquígrafo e cirurgião-dentista, além de técnico na função de técnico em enfermagem.

blog

Outras Notícias