Central de Concursos
  • Por: Folha Dirigida - Publicado em 10/07/2015 11h04

Os primeiros editais de uma série de concursos autorizados no dia 26 de junho para a contratação temporária de 3.573 agentes de organização escolar da Secretaria Estadual de Educação serão publicados em julho. As vagas serão distribuídas pelas 91 diretoriais de ensino. De acordo com o Centro de Ingresso e Movimentação da Secretaria de Educação (Cemov), os interessados deverão se inscrever nas escolas indicadas nos editais.

 

O cargo exige nível médio completo e proporciona vencimentos iniciais de R$ 1.093. Os valores incluem salário inicial de R$ 971,78 e auxílio alimentação de R$ 176 (média 22 dias).

 

O candidato deverá atender ainda uma série de requisitos como: ser brasileiro nato ou naturalizado, ter idade mínima de 18 anos, estar quite com a Justiça Eleitoral e, quando do sexo masculino, estar quite com as obrigações do serviço militar.

 

O processo de seleção fica a critério de cada diretoria de ensino. Em alguns casos é adotado o padrão semelhante ao do concurso públicom que consiste em uma prova objetiva, com questões de Língua Portuguesa, Matemática e Conhecimentos Gerais, além de Informática, que passou a ser obrigatória para concursos do âmbito estadual.

 

O outro formato, adotado por algumas diretorias, é o de análise de currículos. Neste caso a classificação é definida por alguns critérios como: nível superior, experiência profissional na área de Secretaria Escolar ou com Comunidade Escolar, cursos de pequena duração na área de atuação, além de número de filhos menor de 18 anos, para critério de desempate.

 

As contratações terão duração de 12 meses e visam preencher a carência de servidores enquanto não é realizado concurso público da categoria.

 

Concurso também para quadro efetivo

 

Enquanto organiza a abertura dos processos de contratação temporária para agente de organização escolar, a Secretaria Estadual da Educação inicia os preparativos para a realização do concurso para o quadro permanente. O órgão já está finalizando o pedido de contratação, que será enviado nas próximas semanas para autorização do governador Geraldo Alckmin. Neste caso, o concurso deve contar com uma oferta de mais de 4 mil vagas, podendo chegar a 4,5 mil, de acordo com as necessidades da Secretaria.

 

Caso o concurso seja autorizado neste semestre, a expectativa é que o edital seja publicado entre fevereiro e março de 2016, comor evelaram fontes ligadas à Secretaria. Desta forma o processo seletivos irá acontecer durante o primeiro semestre, para que os aprovados possam substituir os agentes que ingressarem por meio da contratação temporária, que devem ter seus contratos encerrados no início do segundo semestre de 2016.

 

As contratações são vistas como emergenciais pela pasta, tendo em vista que a lista de aprovados no último concurso já esgotou em diversas diretorias de ensino. Além disso, o órgão também vem sofrendo com a baixa adesão de aprovados nas últimas convocações. Ambos os fatores vêm resultando no aumento da carência de servidores, como pode ser notado no último levantamento da Coordenadoria de Gestão de Recursos Humanos da Educação, com base no mês de abril que aponta um total de 35.591 servidores em atividade no cargo de agente de organização escolar. O número representa uma redução de 3.119 servidores em relação a dezembro do ano passado, quando a Secretaria contava com 38.710 agentes.

blog

Outras Notícias