• Publicado em 06/01/2016 17h39
Dicas para fazer uma boa prova
 
Uma boa prova depende muito do nível acadêmico do candidato. Quando se domina bem as disciplinas, tudo fica mais fácil. Contudo, além de estudar com afinco, há algumas regras objetivas para você realizar uma boa prova. 
 
Contudo, independentemente do resultado do concurso, o importante é você criar o hábito de estudar permanentemente. A todo instante surgem novas oportunidades e você precisa estar bem preparado. 
 
Para realizar uma boa prova, procure seguir as seguintes recomendações de especialistas:
 
1) Preparação - O fundamental em uma boa preparação é procurar incluir o máximo de exercícios. Procure memorizar conceitos, regras e dados importantes. Você vai precisar deles na hora de responder às questões propostas na prova. Conserve a tranquilidade e o pensamento voltado para o sucesso no exame. 
 
Prepare-se de maneira tranquila e consciente para o concurso sem se importar com o número de candidatos. O importante é que você esteja bem preparado. Certifique-se das provas que deve prestar e seu conteúdo; selecione os livros e apostilas para o seu estudo; avalie o tempo disponível e faça uma distribuição racional; inicie imediatamente o seu estudo num curso especializado e não interrompa sua preparação até a véspera da prova. No dia anterior ao exame, procure dormir cedo, a fim de não chegar cansado para a prova. Virada de noite nessa hora não adianta. É fundamental começar a prova sempre pelas questões consideradas mais fáceis
 
2) Persistência - Estude com técnica, com interesse e paciência. O bom resultado final é uma consequência natural de sua boa preparação. Planeje o estudo de acordo com sua rotina, mas procurando corrigir vícios que prejudiquem seu rendimento. Trabalhe com persistência, mas também com calma. Não se afobe. Uma preparação intensiva próxima ao concurso é útil. Às vésperas das provas os programas de todas as disciplinas já devem ter sido estudados e aprendidos.
 
3) Revisão - No período de revisão você não vai estudar tudo de novo. Não há tempo para isso, nem é necessário. Faça a revisão lendo nos textos as partes sublinhadas e as anotações feitas. Estude pelos resumos, esquemas e fichas que você preparou durante sua fase de preparação.
 
4) A calma - Mantenha a calma durante a prova. Nada de ansiedade, pois ela provoca tensão e diminui suas possibilidades de sucesso. Nada de desatenção. Qualquer atitude negativa pode comprometer as suas pretensões. Ouça atentamente qualquer instrução que seja dada pelo fiscal e leia com atenção as instruções constantes da prova antes de escrever qualquer resposta.
 
5) As questões - Leia a prova de forma abrangente. Avalie as questões e veja as que você conhece bem, as que conhece regularmente e as que parecem difíceis. Mesmo que o número de questões difíceis pareça grande, não deixe que a tensão tome conta de você. Na hora de resolvêlas, muitas dessas questões poderão tornar-se mais fáceis.
 
6) Comece pelas mais fáceis - Inicie a resolução da prova pelas questões que julgar mais fáceis, passando para as de dificuldades média e, somente no final, resolva as de maior dificuldade. Dessa forma, você ganha tempo e adquire confiança. No final, verá que asdifíceis não eram tão complicadas assim. Trabalhe sem perder tempo, mas sem se apressar em demasia. Procure resolver todas as questões com os seus conhecimentos, a fim de garantir uma boa pontuação. Contudo, não deixe resposta em branco.
 
7) Faça um rascunho - Antes de dar a sua resposta organize tudo em um rascunho. Aprimore-se e só então dê a resposta em definitivo. A realização de um bom esquema é fundamental para as questões discursivas, quando houver. Cuidado com a ortografia, cuidado com os cálculos e cuidado, no caso da múltipla escolha, com a marcação no cartão-resposta.
 
8) Controle o horário - Aproveite bem todo o tempo concedido para o exame. Nada de querer resolver a prova com toda velocidade. Mesmo que ela tenha sido fácil, aproveite o tempo disponível para uma completa revisão das questões. Aperfeiçoe sua prova e só a entregue quando o tempo estiver esgotado. Antes de terminar a prova, aproveite um bom espaço de tempo para fazer a revisão final. Nessa fase, muitos equívocos acabam sendo detectadose, com isso, o candidato garante pontos preciosos.
 
9) Otimismo - Faça sua prova com todo o otimismo, na certeza de que com isso você terá o melhor rendimento possível. Tenha confiança em você e em sua preparação, sabendo que a conquista da vaga é importante, mas que se ela não for possível dessa vez, outras oportunidades surgirão e certamente com a experiência adquirida você vai obter o sucesso esperado.
 
10) Estudo permanente - Crie o hábito, independentemente de sua idade ou cursos concluídos, de estudar permanentemente, e não apenas visando a este ou àquele concurso. Muitas vezes surgem oportunidades na qual você terá de mostrar bem o seu desempenho acadêmico e já estando bem preparado você sempre estará em melhor condição do que muitos de seus concorrentes. Portanto, não perca tempo. Se sua ideia é garantir a tranquilidade para o resto da vida e, para isso, pensa em ingressar no serviço público, lembre-se que concurso é a única opção e você deve se preparar desde já. Procure uma instituição especializada, com uma equipe pedagógica experiente e oriente-se.
 
Leia mais:
 
 
 
 

Outras Notícias