Central de Concursos
Ano: Concurso: Nome:

Depoimento da Maria Eugênia, aluna da Central de Concursos aprovada nos concursos do Ministério Público de São Paulo - oficial de promotoria (2011) e do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo - técnico judiciário (2014) e analista judiciário área administrativa (2015).


Maria Eugênia

2011 - MP - Ministério Público

Oficial de Promotoria

Aluno: Santo Amaro

Thiago, aluno da Central de Concursos foi aprovado em quatro concursos: dois de nível federal e dois na esfera estadual. O último foi no concurso de escrivão da Polícia Civil de São Paulo de 2018.


Thiago de Almeida

2018 - PC - Polícia Civil

Escrivão

Escrivão

Aluno: ABC

Humberto, aluno da Central de Concursos, foi aprovado em quatro concursos: escrevente técnico judiciário do Estado de São Paulo, escrevente técnico judiciário do Interior, Polícia Civil no cargo de escrivão, Polícia Civil auxiliar de papiloscopista.


Humberto Vicente Filho

Aluno: República

João Lucas, aluno da Central de Concursos, foi aprovado em 5.º lugar no Concurso de Auditor Fiscal da Prefeitura de Guarulhos.


João Lucas

Aluno: Guarulhos

Depoimento do Leandro Yoshimura, aluno da Central de Concursos aprovado no concurso da Polícia Civil de São Paulo nos cargos de agente policial, escrivão e investigador.


Leandro Yoshimura

Aluno:

Me chamo Vanessa F. Lima, tenho 29 anos e iniciei minha trajetória de estudos na Central de Concursos em outubro de 2013. No final deste mesmo ano eu coloquei como meta para 2014, aqueles propósitos que fazemos no Reveillon, que eu iria conseguir meu cargo público e adquirir a estabilidade de trabalho e financeira. Pois bem, procurando referências na hora de escolher a escola, em todos os quesitos a Central de Concursos foi a vencedora nas minhas pesquisas. Iniciei meu 1ª curso, pleiteando o cargo de Aux. Administrativo da Polícia Federal, que exige apenas o ensino médio (que é o meu caso). Gastei minhas economias e fui prestar na própria cidade de Brasília, pois oferecia o dobro de vagas que em São Paulo.  E minha surpresa foi ver que com apenas 3 meses de curso eu não passei por apenas uma questão. Foi aí que me senti ainda mais motivada, pois sabia que não era um sonho tão impossível assim como muitos acham. E como todos os meus ótimos professores da Central sempre diziam, “concurso é como em uma fila: se você permanecer firme nos estudos, uma hora chega a sua vez”. Não desanimei e após o término do curso eu percebi que tinha aptidão para a carreira policial. Então, no final de semana seguinte à prova, comecei meu 2º curso: Projeto Polícia Civil. Estudei todas as matérias pertinentes aos cargos e a banca examinadora VUNESP, com um gama de professores super bem preparados e conhecedores deste mundo de provas e concursos. Logo após eu resolvi estudar até para o Judiciário e fiz o 3º curso: Escrevente do Tribunal de Justiça. Fui aprimorando meus conhecimentos fazendo os cursos de TESTES, o qual recomendo muito, e, apesar de não ter o ensino superior, fui prestando as provas deste nível para ir treinando meus conhecimentos. Fiquei muito surpresa quando passei nas provas escritas de Investigador de Polícia e Escrivão de Polícia, com 80 pontos de 100. Isso só me motivou mais a continuar estudando e prestando mais provas até mesmo de outras áreas só para ir treinando o cérebro para provas escritas. Passei para Tratador de Animais do Zoológico de Guarulhos, Auxiliar Administrativo de São Caetano do Sul, Auxiliar Administrativo da Polícia Militar, Atendente de Necrotério da Polícia Civil, Fotógrafo Técnico Pericial da Polícia Civil e Escrevente do Tribunal de Justiça de Santos.  Graças a Deus e a todo o apoio da Central de Concursos conquistei o cargo que eu mais queria: Fotógrafo Pericial da Polícia Civil, onde passei em 31º lugar. E logo mais estarei iniciando a Academia de Polícia. O que posso dizer a quem deseja também conquistar um cargo Público é NÃO DESISTA! Não pare de estudar. Se não passou em uma prova, outras virão e uma hora chega a sua vez. Eu fiz os cursos da Central de Concursos nos finais de semana, pois trabalhava durante a semana em dois empregos. É árduo, às vezes cansativo, mas para todo esforço há fruto”.


Vanessa Lima

2015 - TJ - Tribunal de Justiça

Escrevente Técnico Judiciário

2014 - Polícia Técnico-Científica

Fotógrafo Técnico Pericial

Aluno: República

< 1 2 3 4  ... >